20:05 04 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil em meados de janeiro de 2021 (97)
    0 51
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (14), o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciou um decreto impondo toque de recolher na capital do estado, Manaus.

    O decreto do governo amazonense proíbe a circulação de pessoas entre 19h00 e 6h00. Apenas trabalhadores de áreas consideradas estratégicas poderão circular - saúde, segurança pública e imprensa. A medida também impede o exercício de quaisquer atividades não essenciais para a vida.

    As medidas anunciadas pelo governador suspendem o transporte coletivo de passageiros entre rodovias e rios de todo o estado. Além disso, farmácias deverão funcionar por delivery ou sob demanda.

    O governo do estado afirmou ainda que entrou com uma ação da Justiça para garantir o abastecimento de oxigênio da empresa fornecedora. Segundo Wilson Lima, um grupo de apoio para familiares de pacientes de COVID-19 transferidos para outros estados será criado.

    Agente funerário carrega cruz utilizada em túmulos de vítimas da COVID-19 em Manaus, no Amazonas.
    © REUTERS / Bruno Kelly
    Agente funerário carrega cruz utilizada em túmulos de vítimas da COVID-19 em Manaus, no Amazonas.

    Conforme publicou o portal G1, o sistema de saúde de Manaus, uma das maiores cidades brasileiras, entrou em colapso devido ao crescimento do número de casos de COVID-19 na região, acompanhando o aumento também visto no resto do país. Com o colapso local no Amazonas, os pacientes serão transferidos para Goiás, Piauí, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte e também para Brasília.

    Os cemitérios e os hospitais da capital amazonense estão lotados e há falta de oxigênio nas unidades de saúde, provocando ainda mais mortes causadas pela doença. Em pronunciamento sobre o decreto, o governador do estado afirmou que o Amazonas "está clamando, está pedindo por socorro". Até a quarta-feira (13), o estado registrava mais de 5,8 mil mortes por COVID-19.

    Tema:
    COVID-19 no Brasil em meados de janeiro de 2021 (97)

    Mais:

    Amazonas está vivendo as consequências das aglomerações em festas de fim de ano, alerta imunologista
    Justiça Federal suspende provas do Enem no Amazonas
    Ministério da Saúde nega 2ª onda de COVID-19 em Manaus
    Tags:
    COVID-19, Amazonas, Manaus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar