18:38 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Por
    345
    Nos siga no

    Enquanto presidente da Anvisa respondia a uma pergunta, internautas notaram apresentador da Globo News interrompendo Torres, o que ocasionou surgimento da hashtag #GloboLixo.

    Em programa da Globo News, com participação virtual do presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, da jornalista Mônica Waldvogel e de outros convidados, surgiu uma pergunta da jornalista Waldvogel ao presidente da Anvisa sobre politização da agência.

    "Na semana passada, foi aprovada uma diretora para Anvisa, que é Cristiane Gomes Jordan, que, por acaso, é a mesma diretora do Hospital Federal de Bonsucesso que promoveu aquela festa [...]. Nesse depoimento ao Senado, ela e outros diretores, e o senhor mesmo, declararam apoio incondicional ao governo Bolsonaro e, portanto, eu pergunto: qual é o risco de a politização exagerada acabar afetando o ritmo na aprovação das vacinas quando elas estiverem prontas? A gente percebe que a Anvisa, de fato, também está politizada", perguntou Mônica Waldvogel.

    Em resposta, o presidente da Anvisa "lamentou profundamente pela assessoria errada" da jornalista, que não apurou os fatos, detalhando que "a diretora que deu a festa de 150 e poucos mil reais, com dinheiro do hospital, antecede a dra. Cristiane", citada por Waldvogel.

    Ao sair do assunto para criticar a Globo, o presidente da Anvisa foi interrompido pelo apresentador do programa, que pediu para que a pergunta fosse respondida.

    Bolsonaristas publicaram o trecho do programa com a interrupção, e com "Globo Lixo" escrito no vídeo.

    ​Não demorou muito para a hashtag começar a ganhar adeptos, e já se encontra no topo dos assuntos mais comentados desta sexta-feira (30), com mais de 15 mil tweets.

    O "bate-boca" continuou e a jornalista Waldvogel não excluiu a possibilidade de ter recebido "informação equivocada".

    ​Quando vermelho se tornou "propriedade" do PT.

    ​Bolsonaristas fizeram uma camisa gigantesca, depois de "censura" na TV aberta.

    ​Repetindo a publicação do mesmo vídeo, bolsonaristas estão fazendo com que as imagens ganhem maiores proporções na web. Mas, pelo visto, a hashtag não é só contra a Globo, é também a favor dela.

    O que vem à cabeça de muita gente quando se depara com a hashtag #GloboLixo.

    ​Criticando e de olho no BBB?

    ​Globo está "preocupadíssima".

    Mais:

    União Química e RFPI enviam à Anvisa documentos para registro da Sputnik V no Brasil
    Bolsonaro cancela indicação para Anvisa de suspeito de irregularidades no Ministério da Saúde
    Globo é xingada de 'lixo' após reportar 'denúncia' do MP-RJ contra Flávio Bolsonaro por rachadinhas
    Tags:
    Anvisa, bolsonarismo, TV Globo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar