08:10 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil enfrenta COVID-19 no fim de outubro (38)
    5131
    Nos siga no

    Um estudo do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV) mostra que a década entre 2011 e 2020 deve ser a primeira com queda de investimentos desde os anos 1980 no Brasil.

    Conforme publicou o portal G1 neste domingo (25), o estudo aponta que a taxa de investimento deve terminar a década com recuo médio anual de 2,2%. A última vez que isso ocorreu foi ao longo da década de 1980, conhecida como "década perdida".

    A mesma FGV já mostrou anteriormente que a década atual terá o pior resultado do Produto Interno Bruto (PIB) dos últimos 120 anos.

    O estudo aponta que o desempenho ruim nos investimentos teve início em 2014, se aprofundou com a recessão até 2016, ensaiou recuperação leve até o ano passado e, com a pandemia da COVID-19, voltou a cair junto com o PIB. A atual projeção do relatório de mercado Focus, do Banco Central, é de que o PIB cairá 5% neste ano.

    Em Santos, litoral do estado de São Paulo, pessoas transitam de máscara em meio à pandemia da COVID-19 no Brasil, em 16 de agosto de 2020
    © Folhapress / Fernanda Luz / Agif
    Em Santos, litoral do estado de São Paulo, pessoas transitam de máscara em meio à pandemia da COVID-19 no Brasil, em 16 de agosto de 2020

    Ainda segundo o estudo da FGV, que utiliza uma projeção do Banco Central para calcular o investimento de 2020, o indicador registrará queda de 6,6% neste ano.

    A pesquisa aponta também que mesmo sem a pandemia o nível de investimento seria considerado baixo para a década. As projeções anteriores apontavam alta de 4,1% para 2020, o que colocaria a década sob queda média de 1,2% ao ano no indicador.

    Tema:
    Brasil enfrenta COVID-19 no fim de outubro (38)

    Mais:

    Recuperação do Brasil acelera mas segue insuficiente, avisa economista
    Mesmo países como Brasil são mais atrativos para empresas do que Argentina, diz economista
    Pandemia agravou insegurança alimentar e Brasil pode voltar ao Mapa da Fome, dizem economistas
    Tags:
    COVID-19, FGV-Ibre, FGV, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar