22:07 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil em meados de outubro (33)
    30846
    Nos siga no

    Durante uma operação de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira (14) na casa do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), vice-líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado, a Polícia Federal encontrou cédulas de dinheiro escondidas entre as nádegas do político.

    Segundo uma reportagem publicada pela revista Crusoé, com base em um depoimento de uma fonte com acesso ao caso, o instante da apreensão foi registrado em imagens pelos policiais e foi possível ver que algumas notas estavam, inclusive, sujas de fezes.

    No total, os policiais encontraram R$ 30 mil na casa de Rodrigues, em Boa Vista. Parte desse valor estava escondida na cueca do senador. Foi nessa hora que os agentes perceberam que havia mais notas entre as nádegas do vice-líder do governo Bolsonaro no Senado.

    O senador foi alvo da operação Desvid-19 que apura suspeitas de sobrepreço e superfaturamento na execução de emendas parlamentares destinadas ao combate à pandemia em Roraima. Os desvios totalizariam cerca de R$ 20 milhões.

    O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a ação policial do inquérito que corre sob sigilo. A Controladoria-Geral da União participou também da apuração.

    Ao todo foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em Boa Vista, capital de Roraima.

    Tema:
    COVID-19 no Brasil em meados de outubro (33)

    Mais:

    PF faz buscas na casa do governador de SC devido a suposta fraude na compra de respiradores
    Desde 2007, corrupção desviou cerca de R$ 1,8 bilhão da Saúde no RJ
    Governo Bolsonaro desviou R$ 7,5 milhões doados para testes da COVID-19 a projeto da primeira-dama
    Ministério Público: esquema desviou R$ 500 milhões da saúde no estado de São Paulo
    Tags:
    desvio de dinheiro público, desvio de verbas públicas, Polícia Federal - PF, corrupção, fezes, Agência Senado, Senado Federal, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar