08:42 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    141824
    Nos siga no

    O presidente da República Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (6) que vai entrar em contato com o presidente da Rússia Vladimir Putin para pedir a liberação do brasileiro Robson Oliveira.

    Oliveira está preso há mais de 500 dias na Rússia por transportar medicamentos proibidos no país.

    Robson Oliveira e a esposa, Simone, trabalhavam para o jogador de futebol Fernando, na época em que o meia revelado pelo Grêmio e com passagem pela seleção brasileira, jogava no Spartak de Moscou.

    O casal foi contratado pela família do jogador, e embarcou para a Rússia transportando, a pedido do sogro de Fernando, um medicamento legalizado no Brasil, mas proibido em território russo, o Mytedon, Cloridrato de metadona.

    Bolsonaro disse que será orientado pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para um possível contato com Putin.

    "A justiça russa é bastante rígida e independente, mas um perdão do Governo local será buscado por nós. [...] Entramos no caso e o Brasil buscará, diplomaticamente, o retorno de Robson ao Brasil", escreveu o presidente brasileiro.
    Fernando disputa partida da Champions League quando atuava pelo Spartak Moscou em 2017.
    © AP Photo / Ivan Sekretarev
    Fernando disputa partida da Champions League quando atuava pelo Spartak Moscou em 2017.

    Robson Oliveira disse que não sabia o que tinha na bagagem e que a família do jogador havia informado que a mala continha somente roupas e mantimentos. Ele foi detido no aeroporto em Moscou, acusado de ser dono do medicamento.

    Fernando e a família se mudaram para a China, após o jogador ter acertado uma transferência do Spartak para o Beijing Guoan, no meio do ano passado.

    Mais:

    Suspeito por ataque contra Porta dos Fundos é preso na Rússia
    Ernesto Araújo nega que visita de Pompeo a Roraima serviu de campanha eleitoral para Trump
    Bolsonaro diz ter dialogado com Putin sobre BRICS e luta contra COVID-19
    Putin deseja a Bolsonaro rápida recuperação da COVID-19
    Tags:
    Spartak, jogador, Jair Bolsonaro, Vladimir Putin, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar