15:46 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    160
    Nos siga no

    Na manhã desta segunda-feira (14), o Ministério Público de São Paulo cumpre 12 mandados de prisão e outros 50 de busca e apreensão em São Paulo.

    A operação desta segunda-feira visa prender criminosos que assumiram o comando do Primeiro Comando da Capital (PCC), que atua dentro dos presídios, segundo o portal G1. 

    Com isso, a operação, que conta com oito promotores de Justiça de diferentes regiões do estado e policiais da Rota, também visa desarticular um esquema de lavagem de dinheiro feito pela facção no Paraguai e na Bolívia, através da utilização de dólares.

    Primeiro Comando da Capital (PCC) é a maior facção criminosa do Brasil e faz do tráfico de drogas a sua principal moeda
    © AP Photo / Jonne Roriz / Agência Estado
    Primeiro Comando da Capital (PCC) é a maior facção criminosa do Brasil e faz do tráfico de drogas a sua principal moeda

    O Ministério Público iniciou as investigações em 2018, quando Eduardo Aparecido de Almeida, conhecido como Pisca, foi preso em uma mansão no Paraguai.

    Na ocasião, foram apreendidos documentos que demonstraram o funcionamento da estrutura financeira da facção.

    Mais:

    Polícia Federal prende 2 suspeitos de participarem do roubo de US$ 5 milhões em Viracopos1
    Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em nova operação da Lava Jato
    Polícia Federal formaliza autorização para brasileiro comprar até 4 armas
    Tags:
    facção criminosa, criminosos, Brasil, São Paulo, Ministério Público, rota
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar