08:38 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 263
    Nos siga no

    O presidente da Câmara de Vereadores do Rio, Jorge Felippe (DEM), anunciou que vai levar o pedido de impeachment contra o prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), ao plenário na quinta-feira (3).

    O pedido de impeachment contra o prefeito foi protocolado nesta terça-feira (1º) pelo PSOL e tem como base a reportagem publicada pela TV Globo sobre o grupo chamado "Guardiões do Crivella".

    ​​​A denúncia mostra um suposto esquema montado com funcionários da prefeitura para fazer plantão na porta dos hospitais municipais do Rio, para atrapalhar reportagens e impedir que a população fale e denuncie problemas na área da Saúde.

    O presidente da Câmara poderia rejeitar o pedido monocraticamente ou levá-lo ao plenário. Jorge Felippe disse, conforme informações publicadas pelo portal G1, que o pedido de abertura do processo de impeachment teve aval da Secretaria Geral da Mesa e da Procuradoria da Câmara.

    Para a abertura do processo de impeachment são necessários 26 votos.

    Mais:

    Crivella e Flávio Bolsonaro destacam união e criticam imprensa em videoconferência
    MP eleitoral pede inelegibilidade de Crivella até 2026 por promessas de benefícios a religiosos
    Grupo de funcionários públicos 'Guardiões do Crivella' sofre debandada após reportagem
    'Guardiões do Crivella' mostram 'institucionalização' da violência contra imprensa, conforme Fenaj
    Tags:
    Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, denúncia, crime, impeachment, Marcelo Crivella, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar