05:49 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    4152
    Nos siga no

    O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) absolveu, na quarta-feira (26), o ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira, condenado pelo ex-juiz Sergio Moro no âmbito da Lava Jato.

    Paulo Ferreira tinha sido condenado em primeira instância pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

    Paulo Ferreira chegou a ficar preso por cerca de seis meses em 2017. Ele foi um dos três tesoureiros do PT condenados pelo ex-juiz Sergio Moro em diferentes casos da Lava Jato. Os outros foram Delúbio Soares e João Vaccari Neto, que também já teve uma condenação em primeira instância revertida pelo TRF-4.

    A decisão foi tomada pelos três desembargadores que compõem a Oitava Turma do TRF-4 de forma unânime, João Pedro Gebran Neto (relator), Leandro Paulsen e Carlos Thompson Flores. As informações foram publicadas pelo portal G1.

    Os magistrados consideraram não haver provas na denúncia de que Paulo Ferreira teria participado em desvios na construção do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), da Petrobras.

    Nesta semana, uma outra condenação de Moro foi revertida, dessa vez pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou sentença proferida contra o doleiro Paulo Roberto Krug no caso Banestado.

    Mais:

    Petrobras perde liderança em receita para JBS pela 1ª vez em 22 anos
    STF anula sentença de Moro no caso Banestado por quebra de imparcialidade
    Celso de Mello suspende processos que pediam saída de Deltan Dallagnol da Lava Jato
    'Temos que ser a favor da Lava Jato, desde que tudo seja feito dentro da lei', diz especialista
    Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em nova operação da Lava Jato
    Tags:
    Partido dos Trabalhadores (PT), Paulo Ferreira, condenação, Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF), Sergio Moro, Lava Jato
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar