09:09 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    133
    Nos siga no

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, aceitou nesta segunda-feira (17) o pedido da defesa do procurador da República, Deltan Dallagnol, e decidiu suspender os dois processos que poderiam afastá-lo temporariamente do cargo.

    As duas ações seriam julgadas nesta terça-feira (18) pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

    A informação foi publicada no site do Supremo Tribunal Federal. Na decisão, Celso de Mello disse que a suspensão vale até que o STF julgue a questão de forma definitiva. A data ainda não foi definida. 

    Um dos processos foi movido pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL) e o outro foi feito pela senadora Kátia Abreu (PP-TO). Os dois parlamentares questionam algumas atitudes do procurador.

    Nos dois procedimentos, os autores pediam que Dallagnol fosse retirado do posto de coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná.

    Mais:

    Justiça Federal condena 'doleiro dos doleiros' a 13 anos de prisão
    Deltan recebeu R$33 mil por palestra de empresa citada na Lava Jato
    Deltan Dallagnol ultrapassou alguns limites em mensagens vazadas, diz especialista
    Suspeitos de hackear Moro e Deltan têm prisão decretada pela Justiça
    Tags:
    Supremo Tribunal Federal (STF), procurador, processos, Lava Jato, Deltan Dellagnol, Celso de Mello
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar