06:56 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil enfrenta COVID-19 no início de junho (52)
    135
    Nos siga no

    O Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu nesta sexta-feira (5) a realização de operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro durante a pandemia da COVID-19.

    A decisão liminar foi proferida pelo ministro Edson Fachin que só autorizou operações justificadas por escrito com comunicação imediata ao Ministério Público (MP-RJ) e em "hipóteses absolutamente excepcionais".

    A liminar de Fachin foi dada em resposta a uma ação movida pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), em novembro de 2019, e pedia também para que o governo não realizasse operações com helicópteros como plataforma de tiro no estado. As informações foram publicadas pelo portal G1.

    Em maio dois jovens foram mortos durante operação policial no Morro do Salgueiro, em São Gonçalo, e no Morro da Providência, no centro do Rio.

    No último final de semana movimentos sociais protestaram na cidade contra a morte de jovens negros em operações policiais.

    Segundo a decisão de Fachin, mesmo em casos extraordinários de operação, é preciso que se adote "cuidados excepcionais" para não colocar em risco a população.

    Tema:
    Brasil enfrenta COVID-19 no início de junho (52)

    Mais:

    Racismo e pandemia: 'São Paulo vive o maior apartheid social do país', alerta historiador
    'Granadas' e 'muitos tiros' antecederam assassinato de João Pedro, diz testemunha
    Polícia acaba usando força em protesto contra violência policial no Rio
    Celso de Mello arquiva pedido de apreensão de celular de Bolsonaro, mas faz alerta ao presidente
    Tags:
    operações militares, operações, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar