22:19 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil luta com pandemia em meados de maio (78)
    3207
    Nos siga no

    Com mais 187 óbitos registrados neste sábado (16), o estado de São Paulo superou a China em número de mortos por coronavírus.

    O número total de mortes no estado mais afetado pela pandemia no Brasil chegou a 4.688, contra 4.637 na China, país onde se iniciou a disseminação do coronavírus. As informações foram publicadas pelo governo do estado.

    Até este sábado foram confirmados 61.183 casos no estado, com pelo menos uma pessoa infectada em 461 cidades. Os registros de vítimas fatais foram contabilizados em 212 municípios paulistas.

    Em 28 de abril, o Brasil superou a China em número de mortos. Até o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira (15), foram registradas 15.046 mortes provocadas pela COVID-19 e 222.877 casos confirmados da doença em todo o país.

    Se São Paulo fosse um país, o estado seria o 13º com mais mortes, à frente da China, Turquia, Suécia e Índia.

    São Paulo tem cerca de 44 milhões de habitantes e a China 1,4 bilhão de pessoas. O estado brasileiro tem 106 mortos por um milhão de habitantes e a China aproximadamente 3,22 mortes por milhão.

    Em apenas 48 horas, foi registrada a morte de mais uma criança no estado de São Paulo. Ela tinha apenas três anos e é a sexta vítima infantil no estado, a terceira nesta semana.

    Outras cinco crianças faleceram com a doença em menos de um mês.

    Tema:
    Brasil luta com pandemia em meados de maio (78)

    Mais:

    Brasil ultrapassa a China e registra mais de 5 mil mortes pela COVID-19
    Cerca de 500 respiradores importados pelo governo de SP ficam bloqueados em aeroporto da China
    Infectologista sobre 'lockdown' no Brasil: 'se não for por amor, talvez seja pela dor'
    Bolsonaro pede a empresários que 'joguem pesado' e declarem 'guerra' contra Doria
    Doria anuncia compra de 2 milhões de exames rápidos e início de testagem de pacientes leves
    Tags:
    mortes, China, São Paulo, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar