15:28 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    245115
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (17), um pedido de impeachment do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, foi protocolado em Brasília.

    O pedido é o primeiro do tipo a ser protocolado contra Bolsonaro e é de autoria do deputado distrital Leandro Grass (Rede-DF).

    "Neste momento de pandemia, nós precisamos de um líder responsável, de alguém que tenha cuidado com a saúde do nosso povo. Não é o caso de Jair Bolsonaro, por isso estamos denunciando por cinco crimes de responsabilidade e esperamos que o presidente da Câmara [Rodrigo Maia (DEM-RJ] acolha o nosso pedido e coloque o processo para tramitar", disse o deputado em vídeo publicado em suas redes sociais.

    ​O documento tem 26 páginas e é baseado em 5 pontos: apoio às manifestações do dia 15 de março em vídeo e discurso oficial; declaração sem provas sobre fraude nas eleições de 2018; declaração indecorosa contra a jornalista Patrícia Campos Mello; Publicação de vídeo pornográfico no carnaval de 2019; e determinação expressa de comemoração do Golpe Militar de 1964, em 2019.

    ​Outro pedido de impeachment seria protocolado pelo deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) nesta terça-feira, porém o deputado decidiu adiar o movimento. Segundo publicou a CNN Brasil, Frota alegou que aguardaria a data ideal devido ao novo coronavírus, que afetou o funcionamento da Câmara dos Deputados.

    ​Apesar dos pedidos em andamento, o processo de impeachment só tem início caso o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), autorize sua tramitação.

    Mais:

    Após teste negativo, Bolsonaro fará novo teste de coronavírus e ficará isolado
    Rodrigo Maia acusa Bolsonaro de 'atentado à saúde pública'
    'Você não é presidente mais': haitiano dá recado a Bolsonaro e leva hashtag ao topo do Twitter
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar