23:47 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    101320
    Nos siga no

    Neste sábado (7), o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, pediu, durante evento em Roraima, a participação da população nas manifestações do próximo dia 15 de março.

    Os protestos vêm sendo convocados há semanas por apoiadores de Bolsonaro e tornaram-se motivo de polêmica devido ao tom assumido de ataque ao Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal.

    No mês passado, uma reportagem da jornalista Vera Magalhães também revelou que Bolsonaro estava convocando a militância às ruas através de vídeos no WhatsApp. O apoio aos protestos chegou a ser cogitado como "crime de responsabilidade".

    Durante o evento deste sábado, porém, Bolsonaro procurou enfatizar que as manifestações não são contra os outros dois Poderes.

    "Então participem, não é um movimento contra o Congresso, contra o Judiciário. É um movimento pró-Brasil", disse.

    Bolsonaro esteve em Boa Vista-RR brevemente antes de embarcar em direção aos Estados Unidos, onde participará de um jantar com o presidente norte-americano, Donald Trump.

    O presidente brasileiro ainda acrescentou sobre as manifestações, diante das cerca de 400 pessoas, conforme publicou o jornal Folha de São Paulo, que "quem diz que é um movimento impopular contra a democracia está mentindo e tem medo de encarar o povo brasileiro".

    Mais:

    Celso de Mello cita 'crime de responsabilidade' ao comentar possíveis vídeos enviados por Bolsonaro
    Bolsonaro comete 'erro primário' ao criticar Congresso, diz especialista
    Trump anuncia encontro com Bolsonaro na Flórida neste sábado
    Tags:
    Donald Trump, Roraima, Boa Vista, Estados Unidos, Brasil, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar