21:37 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1 0 0
    Nos siga no

    Na manhã desta quinta-feira (5) o Ministério da Saúde informou que a contraprova dos exames de coronavírus da adolescente de São Paulo deu positivo. Entretanto, o caso não é considerado como confirmado, pois não preenche a definição para COVID-19.

    Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que mesmo em caso de presença do vírus, um portador assintomático não cumpre a definição de caso.

    "Segundo critérios técnicos, embora tenha confirmado a presença do vírus, um portador assintomático não cumpre a definição de caso, o que incluiria febre associado a mais um sintoma respiratório. Portanto, esse não será somado aos casos confirmados do novo coronavírus", cita a nota do Ministério da Saúde.

    Os médicos realizaram o atendimento e, mesmo não apresentando sintomas, a adolescente passou por exames e os médicos coletaram amostras para teste para coronavírus, que foram encaminhadas ao Laboratório Fleury, segundo o portal G1. 

    O exame deu positivo. Entretanto, o Ministério da Saúde afirmou que outras análises estão sendo realizadas com o objetivo de mostrar a carga viral da adolescente, bem como o potencial de transmissão e a supressão de sintomas por uso de medicamentos.

    A adolescente de 13 anos de idade viajou ao exterior, passando por Portugal e Itália, e sofreu uma lesão durante a viagem.

    No domingo (1º), ela retornou ao Brasil e procurou atendimento no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, no dia 3 de março.

    Atualmente, o Brasil possui três casos confirmados e 531 suspeitos monitorados. O primeiro caso foi confirmado na quarta-feira (26), em um homem de 61 anos. Já o segundo caso foi confirmado no sábado (29), em um homem de 32 anos, e o terceiro nesta quarta-feira (4) em um homem natural da Colômbia de 46 anos. Todas as três vítimas são de São Paulo.

    As duas primeiras vítimas haviam viajado à Itália, enquanto que a terceira vítima havia viajado para a Itália, Áustria, Alemanha e Espanha.

    Mais:

    Coronavírus: eventos esportivos na Itália não terão público até abril
    Câmara dos EUA aprova projeto emergencial de US$ 8,3 bilhões para combater coronavírus
    Coronavírus diminui previsão de crescimento econômico em 2020, diz FMI
    Tags:
    Ministério da Saúde, novo coronavírus, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar