14:34 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    10275
    Nos siga no

    O senador Cid Gomes (PDT-CE) saiu da UTI após ser baleado durante manifestação de policiais em Sobral, no Ceará.

    Cid recebeu alta para a enfermaria, onde deve seguir internado, mas sem risco de vida, segundo o portal G1. 

    O quadro de saúde do senador licenciado "evoluiu sem intercorrência nas últimas horas, mantendo-se hemodinamicamente estável e com padrão respiratório normal", informa o boletim médico, divulgado na manhã desta quinta-feira (20).

    Contudo, o boletim médico não informou se o senador receberá alta hospitalar. Além disso, não há informações sobre sua transferência para outra unidade de saúde do estado.

    O senador foi baleado na tarde desta quarta-feira (19) durante uma manifestação de policiais em reivindicação ao aumento salarial em Sobral.

    Na ocasião, Cid tentou furar o bloqueio feito por policiais no 3° Batalhão da Polícia Militar usando uma retroescavadeira.

    O senador licenciado Cid Gomes (PDT) (de camiseta laranja), de 56 anos, dirige retroescavadeira durante protesto de policiais na cidade de Sobral
    © Folhapress / Wellington Macedo
    O senador licenciado Cid Gomes (PDT) (de camiseta laranja), de 56 anos, dirige retroescavadeira durante protesto de policiais na cidade de Sobral

    De acordo com o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, que é irmão de Cid, o senador licenciado foi atingido por dois tiros de arma de fogo, que não atingiram nenhum órgão vital, e por isso Cid não corre risco de morte.

    O senador organizava uma ação contra um grupo de policiais que estava tentando impedir o trabalho da Polícia Militar no batalhão de Sobral.

    Além de Sobral, ao menos outras sete cidades cearenses tiveram paralisação de policiais, que exigem aumentos salariais. Mais de 260 agentes estão sendo investigados por crimes relacionados a essa paralisação e a danos cometidos em viaturas.

    Mais:

    Após vazamento do Enem, Polícia Federal realiza operação no Ceará
    Mistério prossegue: manchas de petróleo voltam a atingir praias do Ceará
    Polícia Federal inicia buscas e cumpre mandados de prisão a envolvidos em ataques no Ceará
    Tags:
    policiais, tiros, protestos, Ceará, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar