18:46 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    510
    Nos siga no

    Segundo autoridades, 16 pessoas estão desaparecidas, mais de 2,5 mil pessoas estão desalojadas em consequência da maior chuva nos últimos 100 anos.

    A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais informou neste sábado que sete pessoas morreram em consequência das chuvas que atingem o estado. Além disso, sete pessoas ficaram feridas, 16 pessoas seguem desaparecidas, 2.554 pessoas estão desalojadas e 791 estão desabrigadas.

    O Corpo de Bombeiros relatou mortes em Belo Horizonte, Ibirité e Betim em função de deslizamentos de terra e soterramentos, informou o site G1.

    Os bombeiros esclareceram que duas pessoas morreram em um soterramento na Vila Bernadete, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Além disso, na sexta-feira, outras três pessoas morreram por causa da chuva em Ibirité, na Região Metropolitana, onde as buscas seguem por uma mulher.

    Neste sábado, além de Belo Horizonte e Ibirité, os bombeiros também estão mobilizados em ocorrências de desabamento e soterramento em Betim.

    Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nunca choveu tanto na Região Metropolitana de Belo Horizonte em 110 anos.

    Tags:
    chuvas, Brasil, Minas Gerais
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar