05:28 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Painel de cotações da Bovespa (arquivo)

    Banco Itaú é multado em R$ 3,8 bilhões por suposta fraude tributária

    CC BY 2.0 / Rafael Matsunaga/
    Brasil
    URL curta
    8180
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (21) veio a público uma multa da Prefeitura de São Paulo sobre o banco Itaú Unibanco no valor de R$ 3,8 bilhões.

    A multa seria decorrente de suposta fraude fiscal praticada pelo banco. A acusação partiu de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal sobre sonegação tributária.

    Anteriormente, o banco Itaú havia se comprometido com a CPI a transferir operações financeiras para a capital paulista, que assim arrecadaria R$ 230 milhões em impostos.

    O banco é acusado pela CPI de falsificar endereços com o objetivo de não pagar os impostos da cidade de São Paulo. Os parlamentares afirmam que nos endereços apontados pelo banco havia prédios quase vazios.

    Segundo publicou o jornal Folha de São Paulo, o vereador Ricardo Nunes (MDB), que preside a CPI, afirmou que "ficou constatada a existência de fraude tributária". A denúncia será enviada ao Ministério Público.

    O balanço mais recente do banco mostrou lucros líquidos de R$ 7,15 bilhões no terceiro trimestre de 2019. No ano anterior, o lucro do banco foi recorde e chegou a R$ 24,977 bilhões.

    Mais:

    Maior banco brasileiro projeta queda no PIB do 3º trimestre
    Banco Mundial: Brasil deve diminuir salários e contratações no setor público
    Banco do BRICS pretende investir pelo menos US$ 2,5 bi no Brasil
    Banco Central argentino altera regras de utilização de cartões bancários no exterior
    Tags:
    CCPIT, Itaú, São Paulo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar