08:51 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Segundo relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ao menos 48 obras públicas estão paralisadas pela Justiça, impedindo investimentos de cerca de R$ 149 bilhões.

    O relatório do CNJ, "Diagnóstico sobre Obras Paralisadas" foi divulgado nesta terça-feira. O estudo identificou mais de 3 mil obras paradas no país. Ou seja, somente 1,2% das obras tem como motivo da paralisação o Poder Judiciário, informou o site da UOL.

    Apesar do pequeno número das obras, os investimentos perdidos são de alto grau e o presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, pretende apresentar soluções para agilizar os processos de obras, muitas das quais não andam há anos.

    Como exemplo, ao site da UOL cita o Aeroporto de Cargas de Anápolis (GO), cuja obra teve início em 2012 com orçamento de R$ 321 milhões. Outro projeto travado se refere ao centro administrativo do Distrito Federal, também de quase uma década, e que segue tramitando na justiça.

    Segundo o relatório do CNJ, as paralisações de 48 obras públicas impedem a realização de investimentos num total de R$ 149 bilhões.

    Tags:
    Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar