16:38 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Cartel de Fidel en La Habana, Cuba

    Pela 1ª vez na história, Brasil vota contra resolução da ONU que condena embargo a Cuba

    © AP Photo / Jorge Rey
    Brasil
    URL curta
    283455
    Nos siga no

    O governo brasileiro votou nesta quinta-feira (7) contra a resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) que condena e pede o fim do embargo dos Estados Unidos a Cuba.

    A posição brasileira é inédita e altera a posição diplomática do Brasil adotada desde 1992, quando a condenação do embargo foi votada pela primeira vez.

    A resolução foi votada novamente na plenária da Assembleia-Geral da ONU e foi aprovada por 187 votos favoráveis, 3 contra e 2 abstenções.

    Além do Brasil, votaram contra a condenação do embargo somente o próprio Estados Unidos e Israel. Colômbia e Ucrânia se abstiveram.

    O embargo que os Estados Unidos mantêm contra Cuba tem como objetivo impedir a maioria das trocas comerciais com o país caribenho. Os Estados Unidos podem punir judicialmente empresas nacionais e estrangeiras que realizem transações comerciais com a ilha.

    A resolução condenando o embargo é apresenta pela Assembleia-Geral da ONU desde 1992.

    Mais:

    Contabilizados danos econômicos das últimas sanções dos EUA contra Cuba
    'OEA se consolida como instrumento de pressão política dos EUA', diz presidente de Cuba
    EUA estariam tentando influenciar votação na ONU contra Cuba
    'Aberração': comunidade internacional apoia Cuba para acabar com bloqueio dos EUA
    Tags:
    Estados Unidos, Brasil, embargo, resolução, ONU, Cuba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar