15:30 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente Jair Bolsonaro deixa o Ministério da Defesa após almoço com ministros de seu governo, em Brasília no dia 14 de janeiro de 2019.

    Bolsonaro sobre óleo no Nordeste: 'de vez em quando fica uma tartaruga ali na mancha, mas tudo bem'

    © Folhapress / Pedro Ladeira/Folhapress
    Brasil
    URL curta
    16127
    Nos siga no

    Durante uma transmissão ao vivo ao lado do secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Júnior, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), falou sobre a consequências das manchas de óleo que atingem o Nordeste.

    Na transmissão, ambos discutiram a possível contaminação causada pelo óleo em pessoas e animais através do contato direto e também via alimentos.

    A certa altura da transmissão, Seif Júnior defendeu que os animais são capazes de discernir os perigos da contaminação e assegurou que os alimentos estão livres de quaisquer riscos.

    "O peixe é um bicho inteligente. Quando ele vê uma manta de óleo ali, capitão, ele foge, ele tem medo", afirmou.

    O secretário também acrescentou que o Ministério da Saúde não detectou contaminação em alimentos.

    "Você pode consumir seu peixinho sem problema nenhum. Lagosta, camarão, tudo perfeitamente sano", disse.

    Bolsonaro então afirmou que alguns animais, porém, podem ficar presos nas manchas que continuam nas praias.

    "Obviamente, de vez em quando fica uma tartaruga ali na mancha de óleo - para não falar que ninguém fica, né? Um peixe, um golfinho pode ficar, mas tudo bem", ponderou.

    A fala repercutiu e gerou reações do secretário no Twitter.

    ​Desde o final de agosto, pelo menos 286 locais do litoral nordestino, totalizando 98 cidades, foram afetadas pelas manchas de óleo. A causa da crise ambiental está sendo investigada.

    Mais:

    Óleo no Nordeste do Brasil pode mobilizar cientistas e virar pauta no Parlamento português
    'Voluntários não deveriam estar na praia', diz oceanógrafo sobre óleo no Nordeste
    Mourão sobre óleo no litoral do Nordeste: não há 'mais nenhuma praia suja'
    Polícia Federal aponta petroleiro grego como culpado por óleo em praias do Nordeste
    Tags:
    Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar