15:20 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Lula em missa em homenagem à sua esposa falecida, Marisa Letícia, na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo.

    Lula pede à Justiça Federal para não mudar para o regime semiaberto

    © AP Photo / Nelson Antoine
    Brasil
    URL curta
    873
    Nos siga no

    O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pediu à Justiça Federal para que não haja mudança no regime de cumprimento de pena do petista.

    A declaração de Zanin foi feita nesta sexta-feira (18), na porta da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula cumpre pena.

    "O ex-presidente reafirmou que não aceita o pedido do MPF de progressão de pena porque ele vai buscar a sua liberdade plena, sua inocência e o reconhecimento de que não praticou qualquer crime”, disse Zanin.

    Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba pediram no dia 27 de setembro para que Lula migre ao semiaberto.

    Agora, caberá à juíza Carolina Lebbos, responsável pelo caso do ex-presidente, decidir sobre a progressão ou não de regime de Lula.

    Lula está preso desde 7 de abril de 2018, onde cumpre pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias no caso do triplex em Guarujá (SP).

    Mais:

    Lula diz que não aceita regime semiaberto: 'Não troco minha dignidade pela minha liberdade'
    Em entrevista, Lula fala de 'loucura' de Trump e elogia papel de Putin no cenário internacional
    Roubaram democracia do Brasil com prisão de Lula, afirma Correa
    STF encerra 1º dia de julgamento sobre prisão em 2ª instância sem voto dos ministros
    Tags:
    pena, regime semiaberto, Lava Jato, Lula
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar