14:59 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Perito criminal em frente ao Hospital Badim, na Zona Norte do Rio de Janeiro, após incêndio

    Diretor do Hospital Badim: 11 mortes confirmadas

    © AP Photo / Leo Correa
    Brasil
    URL curta
    110
    Nos siga no

    A administração do Hospital Badim, no Rio de Janeiro, atualizou o número de vítimas e anunciou o início da investigação das causas do incêndio.

    O diretor técnico do Hospital Badim, Fábio Santoro, confirmou nesta sexta-feira, por nota, que 11 pessoas morreram durante o incêndio, ocorrido nas instalações médicas, na noite desta quinta-feira.

    A Diretoria do Hospital Badim expressou "profunda tristeza" e manifestou solidariedade às pessoas atingidas.

    "Nós agradecemos a grande rede de solidariedade que se formou desde ontem e que vem se fortalecendo", informou o comunicado.

    "Agradecemos a atuação do Corpo de Bombeiros e da nossa brigada de incêndio, as redes pública e privada de saúde que se prontificaram para remover e atender nossos pacientes", acrescentou o documento.

    O comunicado ressaltou a importância da atuação de voluntários , "incluindo vizinhos, profissionais de saúde, familiares" no apoio às vítimas, "arriscando suas vidas para salvar nossos pacientes".

    O hospital disponibilizou canais de comunicação via WhatsApp e via e-mail.

    "Dos 103 pacientes que estavam na unidade, 77 seguem internados em 12 instituições de saúde do Rio de Janeiro. 15 já estão em suas residências. 11 óbitos foram confirmados, sendo um deles em fase de oficialização pelo IML", disse Fábio Santoro.

    O diretor técnico da instituição afirmou que a administração do hospital está colaborando com as autoridades para esclarecer as causas da tragédia.

    Tags:
    incêndio, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar