06:23 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Fernando Haddad (à esquerda) e Jair Bolsonaro (à direita), candidatos no segundo turno das eleições presidenciais no Brasil em 2018

    Datafolha: Haddad venceria Bolsonaro se eleição ocorresse hoje

    © AP Photo / Silvia Izquierdo
    Brasil
    URL curta
    333323
    Nos siga no

    O candidato do PT na última eleição presidencial, Fernando Haddad, seria o escolhido para governar o Brasil se um novo pleito fosse realizado hoje, conforme indica uma recente pesquisa do Datafolha.

    Na sondagem divulgada nesta segunda-feira pela Folha de S.Paulo, o ex-prefeito da capital paulista, derrotado por Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da disputa pela presidência no ano passado, aparece com 42% das intenções de voto, contra 36% do atual chefe de Estado, enquanto 18% votariam em branco ou anulariam e outros 4% ficariam indecisos.

    Bolsonaro foi eleito, no final de outubro, com mais de 55% dos votos válidos, contra pouco menos de 45% do petista. Mas, atualmente, apenas 29% dos brasileiros aprovam a atuação do presidente, passados oito meses de governo. Sua reprovação, por outro lado, já chega a 38%. 

    ​Considerando algumas faixas populacionais analisadas, a pesquisa mostrou que 52% dos desempregados que ainda estão em busca de emprego votariam em Haddad, enquanto Bolsonaro teria a preferência de 26% dos eleitores. Já os aposentados e os empresários, por sua vez, elegeriam o atual presidente, com 43% a 33% e 61% a 26%, respectivamente. 

    Em outros segmentos comparados, o petista seria o favorito entre estudantes, jovens, assalariados sem registro, funcionários públicos, pessoas que fazem bicos, pardos, pretos, amarelos, indígenas, mulheres, católicos e nordestinos. Bolsonaro venceria entre brancos, evangélicos e maiores de 60 anos, por exemplo. E lideraria em todas as demais regiões do país e em todas as faixas de renda acima de dois salários mínimos. 

    ​Hoje, 74% dos que escolheram o então candidato do PSL no ano passado manteriam o seu voto, enquanto 10% mudariam para o segundo colocado na última eleição e 13% anulariam ou votariam em branco. Entre os eleitores de Haddad, 88% continuariam com ele, enquanto 4% votariam em Bolsonaro e 6% optariam pelo voto nulo ou em branco.

    A pesquisa Datafolha divulgada hoje foi conduzida com 2.878 pessoas com mais de 16 anos em 175 municípios do país, nos dias 29 e 30 de agosto. Ela tem margem de erro de dois pontos percentuais e intervalo de confiança de 95%.

    Mais:

    Bolsonaro vê rejeição ao seu governo ultrapassar aprovação, revela pesquisa
    Ibope: aprovação de Jair Bolsonaro cai pra 32%
    'Já passei noites sem dormir e já chorei', diz Bolsonaro sobre Presidência da República
    Campanha de Haddad é multada por impulsionar notícias desfavoráveis contra Bolsonaro
    Tribunal Superior Eleitoral arquiva investigação de crime eleitoral contra Haddad
    Tags:
    Partido Social Liberal (PSL), PSL, Partido dos Trabalhadores, PT, Jair Bolsonaro, Fernando Haddad, eleição, pesquisa, Datafolha, Folha de S.Paulo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar