23:31 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Jair Bolsonaro participa de conferência em Brasília, 21 de agosto de 2019

    Bolsonaro afirma que dará indulto a policiais envolvidos em massacres como Carandiru e Eldorado dos Carajás

    © REUTERS / Adriano Machado
    Brasil
    URL curta
    6814
    Nos siga no

    O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), comentou no sábado (31) que pretente dar indulto a policiais envolvidos em casos como os massacres do Carandiru e Eldorado dos Carajás, além do sequestro do ônibus 174.

    Segundo publicou o jornal O Estado de São Paulo, Bolsonaro fez as afirmações durante almoço com jornalistas.

    O presidente brasileiro teria afirmado que dará indulto a todos que se enquadram na medida e que está solicitando às polícias dos estados uma lista de nomes e as justificativas.

    O jornal relata que Bolsonaro foi questionado sobre estender ou não o indulto a oficiais da polícia. O presidente respondeu que sim.

    "Se o comandante do Carandiru [coronel Ubiratan Guimarães] estivesse vivo, eu dava indulto pra ele também", disse, segundo o jornal.

    O massacre de Eldorado dos Carajás aconteceu em 1996, quando um protesto de sem-terras foi reprimido pela polícia militar do Pará. Os policiais mataram 19 manifestantes e mais de 60 pessoas ficaram feridas.

    Já o caso do Carandiru teve ainda mais repercussão na imprensa após, em 1992, uma rebelião em presídio de São Paulo. Na ocasião, a Polícia Militar de São Paulo matou pelo menos 111 pessoas.

    Mais:

    Trump discute Amazônia com Eduardo Bolsonaro e chanceler Ernesto Araújo
    Bolsonaro atualiza Merkel sobre incêndios na Amazônia
    Bolsonaro critica Lei das Fake News: 'um clique vai ser mais grave que um teco'
    Bolsonaro fará 4ª cirurgia desde a facada e ficará 10 dias fora da Presidência
    Tags:
    Carandiru, Eldorado dos Carajás, O Estado de São Paulo, PSL, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar