04:30 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, discursa no Palácio do Planalto, Brasília, 24 de julho de 2019

    Após críticas de Bolsonaro, diretor do INPE diz que será exonerado

    © REUTERS / Adriano Machado
    Brasil
    URL curta
    11106
    Nos siga no

    Nesta sexta-feira (2), o diretor do Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE), Ricardo Magnus Osório Galvão, afirmou que será exonerado do cargo.

    O anúncio aconteceu nesta manhã após uma reunião do diretor com o ministro Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes.

    O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), tem acusado o INPE de divulgar dados falsos sobre desmatamento, que bateu recorde no mês passado.

    "Minha fala sobre o presidente gerou constrangimento, então eu serei exonerado", disse o diretor do INPE.

    Apesar da situação, Galvão afirmou ao G1 que concorda com a exoneração pois cabe ao ministro fazê-lo em uma situação de "perda de confiança".

    Durante coletiva de imprensa na quinta-feira (1), Bolsonaro criticou novamente os dados do instituto.

    Mais:

    Multas contra desmatamento caem 23% com Bolsonaro, diz jornal
    Governo Bolsonaro diz que dados sobre desmatamento não deveriam ter sido divulgados
    Desmatamento da Amazônia no Brasil aumenta em 60% em junho, diz INPE
    Fala de Bolsonaro sobre desmatamento é um 'absurdo', diz pesquisador do INPE
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar