00:30 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Desmatamento na Amazônia

    Governo Bolsonaro desiste de tentar enfraquecer lei ambiental do Brasil

    Wilson Dias/ Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    320

    Uma tentativa do presidente Jair Bolsonaro e de parlamentares apoiados pela grande agricultura para enfraquecer as leis ambientais que protegem a Floresta Amazônica e outros biomas falhou, pois o Congresso não aprovará um decreto que enfraquecesse a legislação existente.

    O senador Fernando Bezerra, líder do governo na Casa, disse que o decreto presidencial temporário 876, que exigia a aprovação do Congresso na segunda-feira, não seria colocado em votação antes disso.

    O decreto foi enviado ao Congresso pelo ex-presidente Michel Temer, mas abraçado por Bolsonaro e muitos no poderoso lobby agrícola do país. Ele teria estendido por um ano o prazo para que os proprietários de terras cumprissem a manutenção ou replantio de áreas florestais mínimas em suas propriedades.

    No entanto, no início deste ano, os legisladores fizeram alterações que, segundo os críticos, transformaram o decreto na prática em uma anistia para os proprietários de terra que coletivamente desmataram cerca de 5 milhões de hectares nos últimos anos, uma área um pouco menor que a Costa Rica.

    Algumas empresas do agronegócio, preocupadas com a má imagem que o afrouxamento da lei daria aos produtos brasileiros no mercado externo, juntaram-se aos ambientalistas ao criticar a anistia na Coalizão Climática, Florestal e Agrícola do Brasil.

    Bolsonaro trabalhou para facilitar os controles ambientais para facilitar a agricultura e a mineração no país desde que assumiu o poder em 1º de janeiro.

    Ambientalistas dizem que ameaça a Floresta Amazônica, considerada pelos cientistas como a melhor defesa da natureza contra o aquecimento global, porque as árvores absorvem grandes quantidades de gases de efeito estufa.

    Mais:

    Estariam supermercados britânicos vendendo carne de fazendas desmatadoras da Amazônia?
    Frente parlamentar quer defender Amazônia com apoio do governo e sem choque com ruralistas
    'Apocalipse Bolsonaro': indígenas alertam sobre violência e destruição da Amazônia
    Tags:
    natureza, clima, desmatamento, preservação, ruralistas, meio ambiente, Michel Temer, Fernando Bezerra, Jair Bolsonaro, Floresta Amazônica, Amazônia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar