00:03 26 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Los contenedores en el puerto (imagen referencial)

    Índia abre portas para carne de frango do Brasil

    © REUTERS / Heino Kalis
    Brasil
    URL curta
    520

    As autoridades sanitárias da Índia aprovaram a primeira permissão de importação para carne de frango in natura brasileira, desde o acordo sanitário firmado entre os dois países, em 2008.

    A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, comemorou a abertura do mercado indiano nesta segunda-feira, informou Agência Brasil. Além disso, o fato mereceu destaque nesta quinta-feira no Twitter do presidente Jair Bolsonaro.

    Segundo o Mapa, a carne de frango é a proteína animal mais consumida na Índia. No entanto, o consumo per capita de carne de frango no país asiático ainda é relativamente baixo, de apenas 3,5 quilos/ano. No Brasil, por exemplo, a quantidade chega a 44,6 kg/ano, e a média mundial fica em 11,9 kg/ano.

    Ou seja, o mercado de carne de frango da Índia para tem um grande potencial de crescimento, que está estimado em uma taxa de 7% a 8% ao ano. 

    A partir da medida anunciada pelo governo indiano, todas as plantas frigoríficas registradas no Serviço de Inspeção Federal (SIF) podem exportar carne de frango in natura para o país, respeitando os requisitos acordados.

    Em 2018, os principais destinos da carne de frango brasileira foram Arábia Saudita (US$ 805 milhões), China (US$ 800 milhões) e Japão (US$ 722 milhões), informou Agência Brasil.

    Mais:

    Arábia Saudita barra compra de carne do Brasil como retaliação por embaixada em Jerusalém
    Carne brasileira embargada na Rússia gerava perda de US$ 1 bi ao ano, diz porta-voz da SNA
    Rússia retira embargo a carne suína e bovina do Brasil
    Altos e baixos: o que atrapalha reabertura do mercado russo para carne brasileira?
    Exportadores de carne comemoram: Brasil está livre da febre aftosa com vacinação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar