22:07 24 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Michel Temer é visto no Aeroporto Internacional de São Paulo no dia da detenção, 21 de março de 2019

    Procuradoria pede que Michel Temer volte a ser preso

    © AP Photo / Nelson Antoine
    Brasil
    URL curta
    3100

    O Ministério Público Federal (MPF) do Rio de Janeiro recorreu ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) e solicitou restaurar a prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer, de Moreira Franco e mais seis denunciados.

    O grupo está sendo investigado por crimes relacionados aos contratos de Angra 3. Segundo a procuradoria "as solturas afetam a investigação de crimes, a instrução do processo, a aplicação da lei e a recuperação de valores desviados". 

    "Caso as prisões preventivas não sejam restauradas, que eles fiquem em prisão domiciliar, com o devido monitoramento eletrônico", argumentou a procuradoria no seu pedido, ainda que "esse instrumento seria insuficiente para impedir a reiteração de crimes", na opinião do órgão.

    MPF denunciou Temer, Franco e outros sete alvos por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.

    Além de Michel Temer e Moreira Franco, o TRF2 julgará recursos do MPF contra a soltura do operador financeiro João Baptista Lima Filho, Maria Rita Fratezi, Carlos Alberto Costa, Carlos Alberto Costa Filho, Vanderlei de Natale e Carlos Alberto Montenegro Gallo.

    As informações foram divulgadas pela Procuradoria Regional da República da 2ª Região.

    Mais:

    BC bloqueia R$ 8,2 milhões nas contas de Temer
    MPF irá recorrer da decisão que soltou Michel Temer
    Desembargador manda soltar Michel Temer
    Gandra Martins sobre Temer: MP age como na Revolução Francesa - simples denúncia basta
    Michel Temer e Moreira Franco são presos pela Polícia Federal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar