10:38 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Chegada do avião da FAB em Vitória (ES) com tropa para combater o crime

    Ajuda humanitária brasileira chega ao Moçambique

    Fred Loureiro / SECOM-ES
    Brasil
    URL curta
    4131
    Nos siga no

    A ajuda humanitária brasileira aos atingidos pelo ciclone Idau, no Moçambique, chegou nesta segunda-feira na cidade de Beira em duas aeronaves da Força Aérea Brasileira.

    Os aviões C-130 Hércules transportaram mais de 20 toneladas de suprimentos ao país, levando 40 militares da Força Nacional e do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. 

    ​A equipe brasileira foi recebida pelo embaixador do Brasil em Moçambique, Carlos Alfonso Iglesias Puente, e pela diretora-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades de Moçambique, Augusta Maita. 

    "Esta ajuda do Brasil é muito bem-vinda, se junta a todo um esforço internacional que apoia nossa população que sofre desde o dia 14 de março com o ciclone e com os alagamentos. Ao todo, 518 pessoas já morreram em nosso país. Estamos agradecidos ao Brasil e sensibilizados com esse apoio", afirmou Augusta Maita. 

    Já o embaixador Carlos Alfonso Iglesias Puente disse sentir orgulho "de ver a bandeira do Brasil e essas duas aeronaves chegando em um momento tão difícil". 

    "O apoio da FAB foi fundamental para o transporte de suprimentos e militares. Uma ajuda muito necessária", completou. 

    Mais:

    Número de mortos por ciclone em Moçambique chega a 501
    Após ciclone matar 493 pessoas, Moçambique registra 138 casos de cólera
    Bombeiros e Força Nacional que trabalharam em Brumadinho vão atuar em Moçambique
    Tags:
    ciclone, ajuda humanitária, Força Aérea Brasileira (FAB), Moçambique, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar