03:35 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante coletiva de imprensa na Casa Branca, nos Estados Unidos

    Bolsonaro comemora aumento da procura para visitar Brasil após liberação de vistos

    © AFP 2019/ Jim WATSON
    Brasil
    URL curta
    9916

    O presidente Jair Bolsonaro comemorou nas redes sociais o levantamento sobre o aumento de 36% na procura de estrangeiros para visitar o Brasil desde o anúncio da liberação de vistos para turistas da Austrália, Estados Unidos, Canadá e Japão.

    De acordo com o presidente, o aumento da procura de turistas estrangeiros para visitar o Brasil estimula o setor do turismo e a economia do Brasil. 

    ​"Como esperado, uma plataforma de planejamento de viagens mostrou que a procura de estrangeiros interessados em visitar o Brasil já cresceu 36% após anunciarmos a liberação de visto para turistas da Austrália, Estados Unidos, Canadá e Japão. Ganha o nosso turismo e nossa economia!", afirmou Bolsonaro em sua conta no Twitter, citando o levantamento da plataforma de viagens Kayak. 

    "A procura tende a crescer ainda mais, devendo aquecer positivamente nossos serviços de viagens, hotelaria, comércio, lazer, etc, gerando emprego e renda aos cidadãos brasileiros. Uma boa noite a todos!", acrescentou. 

    A decisão do Brasil não exigir mais vistos de visitantes para turistas de Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália, foi anunciado durante a visita oficial de Bolsanaro aos EUA. 

    A nova regra não tem caráter recíproco e entrará em vigor no dia 17 de junho. A permanência prevista para esses visitantes em solo brasileiro é de 90 dias, prorrogável por igual período.

    Mais:

    Brasil dispensa vistos para turistas dos EUA e de outros 3 países
    Bolsonaro e Piñera descartam intervenção militar na Venezuela
    Bolsonaro precisa cuidar mais da Previdência e menos do Twitter, diz Maia
    Bolsonaro é alvo de manifestações de repúdio e críticas durante viagem ao Chile
    Tags:
    turismo, vistos, Jair Bolsonaro, Canadá, Austrália, eua, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar