06:18 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    STF julga liminar que afastou Renan Calheiros do cargo de presidente do Senado Federal

    PF cumpre mandados de investigação que apura fake news contra ministros do STF

    Marcos Oliveira / Agência Senado
    Brasil
    URL curta
    333

    O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou ações do inquérito sigiloso que investiga ofensas e propagação de fake news contra os ministros da Corte.

    Elas estão sendo cumpridas nesta quinta-feira (21) e incluem busca e apreensão nas casas de suspeitos em São Paulo e Alagoas.

    Na última quinta (14), o presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli, anunciou no plenário da Corte a abertura de um inquérito para apurar "notícias fraudulentas", ofensas e ameaças a ministros do tribunal.

    Ele designou Moraes como relator, que por sua vez, indicou para a investigação o delegado federal Alberto Ferreira Neto, chefe da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Fazendários, e o delegado Maurício Martins da Silva, do Departamento de Inteligência da Polícia Civil de São Paulo.

    O inquérito foi alvo de críticas de procuradores da República que atuam na Operação Lava Jato, juristas e até mesmo integrantes do STF, como o ministro Marco Aurélio Mello.

    Tags:
    fake news, plenário, Supremo Tribunal Federal (STF), Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar