02:11 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, durante entrevista coletiva sobre rompimento de barragem em Brumadinho.

    Vale promete encerrar barragens como as de Brumadinho e Mariana

    © Foto / Tomaz Silva/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    Mar de lama varre Brumadinho após explosão de barragem (56)
    210
    Nos siga no

    O presidente da Vale, Fabio Schvartsman, prometeu nesta terça-feira (29) que irá "descomissionar" 10 barragens "a montante" da empresa em Minas Gerais. O modelo é o mesmo que rompeu em Brumadinho e em Mariana, em 2015.

    Com baixo custo, este modelo de barragem é alvo de crítica de especialistas.

    Schvartsman fez o anúncio após reunião com os ministros de Minas e energia, Bento Albuquerque, e do Meio Ambiente, Ricardos Salles.

    "A decisão da companhia é que não podemos mais conviver com esse tipo de barragem", disse o presidente da Vale. 

    Ele afirmou que as barragens serão "reintegradas" à natureza e os planos das obras serão entregues aos órgãos federais e estaduais em 45 dias. O prazo para a execução das obras é de 1 a 3 anos.

    Schvartsman também afirmou que a medida irá diminuir em 10% a produção de minério de ferro da Vale, que atualmente é de 40 milhões de toneladas por ano.

    Tema:
    Mar de lama varre Brumadinho após explosão de barragem (56)

    Mais:

    Ministério Público alerta vítimas de Brumadinho sobre advogados agindo de má-fé
    Engenheiros responsáveis pela segurança de barragem em Brumadinho são presos
    Advogado: engenharia da mina de Brumadinho já seria suficiente para condenar Vale
    Ações da Vale continuam caindo após rompimento da barragem de Brumadinho
    Tags:
    Vale
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar