18:28 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Vista aérea mostra ponte desmoronada causada por inundações provocadas pelo colapso de uma barragem perto de Brumadinho, Brasil, 25 de janeiro de 2019

    Lama da barragem da Vale pode chegar à foz do rio Paraopeba

    © AP Photo / Bruno Correia/Nitro via AP
    Brasil
    URL curta
    Mar de lama varre Brumadinho após explosão de barragem (56)
    211
    Nos siga no

    O Boletim de Monitoramento Especial do rio Paraopeba, produzido pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) informou que a lama de rejeitos da barragem da Vale, em Brumadinho, alcance, entre os dias 15 e 20 de fevereiro, a Usina Hidrelétrica de Três Marias, na Bacia do Rio São Francisco, região central do estado de Minas Gerais.

    A nascente do Paraopeba está localizada no município de Cristiano Otoni, região metropolitana de Belo Horizonte, e a foz, na represa de Três Marias, no município de Felixlândia.

    De acordo com o documento da CPRM, os rejeitos percorrem a rio Paraopeba a uma velocidade de 1 km/hora. No dia 29 de janeiro, os rejeitos deverão alcançar o município de São José da Varginha e, entre os dias 5 e 10 de fevereiro, a Usina Hidrelétrica de Retiro Baixo, entre os municípios mineiros de Curvelo e Pompeu.

    CPRM emite dois boletins sobre as águas contaminadas do rio Paraopeba. A previsão da velocidade dos rejeitos é baseada em dados coletados em campo, considerando as características da bacia hidrográfica, informou Agência Brasil. 

    Tema:
    Mar de lama varre Brumadinho após explosão de barragem (56)

    Mais:

    Bombeiros acionam alarme de emergência por risco de novo rompimento de barragem
    Bolsonaro sobrevoa área atingida pelo acidente da barragem em Brumadinho
    Buscas por vítimas do desastre de barragem em Brumadinho continuam
    Tragédia em Brumadinho: chega a 9 o número de mortos por rompimento de barragem
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar