15:11 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Juan Guaidó.

    Bolsonaro reconhece opositor de Maduro como 'presidente encarregado'

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Brasil
    URL curta
    Crise política na Venezuela se agrava (163)
    321823

    O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou nesta quarta-feira (23) que reconhece Juan Guaidó como "presidente encarregado" da Venezuela. Opositor, Gauidó fez juramento ao cargo durante os protestos que ocorrem em Caracas contra o presidente em exercício Nicolás Maduro.

    "O Brasil apoiará politica e economicamente o processo de transição para que a democracia e a paz social volte a Venezuela", escreveu Bolsonaro no Twitter.

    Os Estados Unidos, Paraguai, Colômbia e a Organização dos Estados Americanos (OEA) também reconheceram Guaidó como presidente da Venezuela. O Canadá sinalizou que deve seguir o mesmo caminho. 

    O governador de Porto Rico, Ricardo Rosselló, disse à Sputnik que Maduro deveria renunciar ao cargo para evitar "derramamento de sangue".

    O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, já se referiu a Maduro como "ex-presidente" da Venezuela e o Itamaraty já havia reconhecido Guaidó como presidente em notas anteriores, mas esta é a primeira vez que Bolsonaro se pronuncia sobre o assunto. 

    Em meio a uma crise econômica e política, a oposição organizou protestos nas ruas da Venezuela contra Maduronesta quarta. 

    Tema:
    Crise política na Venezuela se agrava (163)

    Mais:

    Paraguai reconhece Juan Guaidó como 'presidente encarregado' da Venezuela
    EUA reconhecem Guaidó como presidente interino da Venezuela
    OEA reconhece Guaidó como presidente da Venezuela
    Guaidó se declara 'presidente encarregado' da Venezuela
    Vice-presidente da Venezuela acusa Mike Pence de tramar golpe no país latino-americano
    Chanceler do Brasil já chama Maduro de 'ex-presidente da Venezuela'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar