18:51 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Banco do Brasil

    Com salário de R$36 mil, filho de Mourão é contratado como assessor especial do BB

    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    19422

    Filho do vice-presidente Hamilton Mourão, Antonio Rossell Mourão foi anunciado hoje como assessor especial da presidêdncia do Banco do Brasil. O salário: R$36,3 mil mensais, três vezes o que ganhava no banco antes das eleições.

    Antonio trabalha no Banco do Brasil há 18 anos, 11 deles atuando na área de agronegócios com um salário de R$12 mil. A nova função dentro do BB não altera as suas atribuições diárias, mas ele passa a aconselhar diretamente o novo presidente do banco, Rubem Novaes.

    Embora não tenha comparecido à posse de outros novos presidentes de bancos públicos, o vice-presidente participou da cerimônia de Rubem Novaes.

    Por meio de nota, o BB confirmou a mudança de posto de Antonio Mourão, mas não comentou o aumento de vencimentos. De acordo com a Folha de S. Paulo, o estatuto da presidência permite a contratação de três assessores especiais, usualmente vindos das áreas de finanças, comunicação e a agronegócios.

    Ao Estadão, o vice-presidente justificou a promoção dizendo que o filho foi promovido "por mérito". O general disse ainda que Antonio foi "duramente perseguido anteriormente" por ser seu filho. 

    Tags:
    Folha de S. Paulo, Banco do Brasil, Rubem Novaes, Antonio Rossell Mourão, Antonio Hamilton Mourão, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar