12:26 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Candidato à presidência Jair Bolsonaro, 7 de outubro de 2018

    Bolsonaro recebe visita de dissidente cubano no Rio de Janeiro

    © AP Photo / Silvia Izquierdo
    Brasil
    URL curta
    615

    O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) recebeu na manhã desta quinta-feira a visita de um dissidente cubano em sua casa, no Rio de Janeiro, em uma nova demonstração do caminho que o seu governo tomará em relação ao governo de Havana.

    Formado em filosofia, Orlando Gutiérrez-Boronat é um ativista contrário ao governo cubano, cuja família fugiu para os Estados Unidos nos anos 1970. Ele é também cofundador e porta-voz do Diretório Democrático Cubano, organização crítica aos irmãos Fidel e Raúl Castro.

    Bolsonaro se referiu ao dissidente cubano como alguém que denuncia as atrocidades que aconteceriam na ilha caribenha.

    Detalhes da conversa não foram revelados pela assessoria do presidente eleito. Entretanto, em um vídeo do encontro Bolsonaro aparece cumprimentando Gutierrez-Boronat e falando "Cuba Libre" (Cuba livre, em português).

    Crítico antigo de Cuba, Bolsonaro recentemente desfez o convite feito ao governo cubano para comparecer à sua posse, em 1º de janeiro de 2019, em Brasília – mesma situação ocorrida com a Venezuela. Em outra frente, o presidente eleito apresentou demandas que fizeram Cuba deixar o programa Mais Médicos, deixando desassistidos milhares de municípios brasileiros que ainda não foi preenchido.

    Nos EUA, Gutierrez-Boronat é palestrante convidado da Universidade de Georgetown. Ele possui PhD em Filosofia dos Estudos Internacionais pela Universidade de Miami, juntamente com graduações em Ciências Políticas e Comunicações pela Universidade Internacional da Flórida.

    Mais:

    Reunido com equipe completa de ministros, Bolsonaro define projetos principais para 2019
    Qual é o futuro do BRICS na era Bolsonaro?
    Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, falta a depoimento no MP
    Tags:
    cubanos, dissidente, encontro, Diretório Democrático Cubano, Orlando Gutiérrez-Boronat, Jair Bolsonaro, Cuba, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar