06:16 24 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Médium João de Deus

    Médium João de Deus é procurado em mais de 20 endereços por acusação de abusos

    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    O médium João de Deus teve a prisão preventiva decretada nesta sexta-feira (14) após acusações de abusos sexuais contra mulheres.

    O delegado-geral da Polícia Civil, André Fernandes, informou nesta sexta-feira que a corporação buscou o médium João de Deus em mais de 20 endereços sem encontrá-lo.

    Segundo ele, João de Deus ainda não é considerado foragido e tem até 12h de sábado para se apresentar. A expectativa da Polícia Civil é de que ele se entregue antes do prazo para ser considerado foragido. 

    "A polícia não tem conhecimento do seu paradeiro, estamos trabalhando no sentido de tentar localizá-lo", afirmou o delegado-geral da Polícia Civil. 

    De acordo com ele, as equipes vão retomar o trabalho de busca em outros endereços no sábado (15). 

    A defesa do médium nega as acusações e disse que entrará com um pedido de habeas corpus. O advogado de defesa, Alberto Toron, informou que só teve acesso ao pedido de prisão no início da noite. "A impetração do habeas corpus não exclui a apresentação espontânea do senhor João de Deus", afirmou.

    Mais:

    Prisão preventiva de médium 'João de Deus' é decretada pela Justiça
    Após denúncias de abuso sexual, médium 'João de Deus' é acusado de pedofilia
    Tags:
    acusação, abuso sexual, polícia, João de Deus, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar