04:37 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Fernando Haddad (à esquerda) e Jair Bolsonaro (à direita) disputam o segundo turno das eleições presidenciais no Brasil em 2018

    Atos em apoio a Bolsonaro e Haddad são organizados em todo país

    © AP Photo / Silvia Izquierdo
    Brasil
    URL curta
    3 0 0

    Movimentos políticos e de ativistas preparam manifestações em todo país. Falta apenas uma semana até o fim do Segundo Turno.

    Neste fim de semana serão realizadas manifestações em defesa e com críticas aos dois candidatos à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

    Diversas cidades estão se preparando para os atos.

    Neste sábado serão realizadas manifestações em todos os estados contra o fascismo e a favor da democracia, pelos direitos humanos e em defesa da liberdade de expressão. Movimentos de mulheres de distintos segmentos, entre eles Mulheres Unidas contra Bolsonaro, utilizaram as redes sociais para divulgação dos protestos com críticas às propostas apresentadas pelo candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, e referências positivas ao candidato do PT ao Palácio do Planalto, Fernando Haddad.

    No site do PT os protestos foram chamados de “manifestação da virada”.  

    Já para o domingo estão programadas manifestações contra o "comunismo" e o retorno do PT, com organização, entre outros, do Movimento Brasil Livre (MBL).

    Em material divulgado nas redes sociais, apoiadores de Bolsonaro convidaram seus partidários sob o slogan: "Brasil acima de tudo e Deus acima de todos".

    O candidato do PSL e os filhos dele também participaram da divulgação dos atos, informou Agência Brasil.

    Mais:

    Haddad diz que campanha de Bolsonaro contra PT é 'tentativa de fraude eleitoral'
    PT acena para uma campanha de Haddad mais descolada da imagem de Lula
    Bolsonaro não vai participar de nenhum debate com Haddad, diz presidente do PSL
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik