00:09 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Lula e Fernando Haddad em comício durante a campanha eleitoral de 2016

    Haddad acredita na vitória e diz que Bolsonaro não se 'sustenta' no segundo turno

    © Foto : Ricardo Stuckert
    Brasil
    URL curta
    1364

    O canditato à presidência Fernando Haddad (PT) disse em entrevista após o debate da Globo que Bolsonaro não tem como sustentar a sua candidatura no segundo turno.

    O político afirmou que o PT e a sua campanha estão enfrentando "uma onda de notícias falsas e mentiras muito pesadas" vinda dos eleitores de Jair Bolsonaro. O ex-prefeito de São Paulo disse que a sua campanha já recebeu mais de 15 mil denúncias nos últimos dias, com ofensas pessoais.

    "Típico dele", disse Fernando Haddad.

    O petista lamentou o atentado a faca sofrido pelo seu adversário, mas afirmou ser necessário enfrentar as táticas agressivas.

    "Ele não tem condições de sustentar um segundo turno, não vai poder se esconder atrás desse incidente durante o segundo turno", declarou Haddad, para quem Bolsonaro é "uma figura vazia".

    "Fico indignado com jogo baixo de internet e de whatsapp", disse o candidato, se referindo às táticas de campanha de Bolsonaro.

    "Ele parte para ignoráncia mesmo", lamentou o petista, que ressaltou se tratar de uma "lamentável novidade na política brasileira".

    Quando perguntado sobre as críticas de que o PT teria ajudado a construir a candidatura de Bolsonaro, Haddad negou.

    "Nós não fizemos nada para criar esse monstro", disse o candidato, para quem o PSDB teria mais responsabilidade pela personagem, por ter levantado pautas conservadoras desde 2010.

    Mais:

    Alea jacta est, diz Alckmin após o debate
    Ciro chama Bolsonaro de 'salafrário' e de 'fascista'
    Será o fim do Brasil se o PT voltar ao poder, diz Bolsonaro à Rede Record
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik