07:14 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Ciro Gomes na abertura da II Semana de Políticas Públicas da UFABC, organizada pelo Centro Acadêmico de Políticas Públicas (CAPOL) e alunos do curso.

    Ciro chama Bolsonaro de 'salafrário' e de 'fascista'

    CC BY 2.0 / Murilo Silva / CAPOL
    Brasil
    URL curta
    121210

    "Bolsonaro é fascista", disse Ciro Gomes (PDT), durante a entrevista realizada após os debates na Globo.

    Ciro afirmou que o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, agiu como um "salafrário" por não ter comparecido ao debate na TV Globo. O candidato afirmou que o Brasil "está a beira de um precipício" e pediu votos para passar ao segundo turno.

    O político também afirmou que o candidato do PSL substituiu o PSDB na polarização política no país e encarna o anti-petismo.

    Segundo ele, o PT foi oportunista, pois não se colocou contra o Bolsonaro desde início, por considerar que ele seria um oponente mais fácil de derrotar nas urnas. Segundo Gomes, esse "erro" do PT pode custar caro à democracia do país.

    "Bolsonaro é fascista", disse o candidato do PDT.

    Mais:

    IBOPE: Ciro Gomes segue sendo único candidato que derrota Bolsonaro com folga em 2º turno
    Ciro Gomes diz que é opção entre 'coisa ruim' e 'coisa pior'
    Datafolha: Bolsonaro tem 28%; Haddad 22%; Ciro 11%
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik