10:14 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Dólar norte-americano

    Suíça quebra sigilo bancário de suposto operador do PSDB

    © Sputnik / Vladimir Sergeyev
    Brasil
    URL curta
    3100

    O Ministério Público da Suíça tomou a decisão de enviar os dados bancários do ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza ao Brasil. Conhecido como "Paulo Preto", ele é apontado como operador do PSDB em casos de corrupção.

    A informação foi publicada pela Folha de S. Paulo nesta quinta-feira (23). 

    Com os dados remetidos pela Suíça, será possível verificar as movimentações das contas. O ex-diretor da Dersa era responsável por 4 contas no país europeu — que tinham um saldo de aproximadamente R$ 144 milhões.

    O Ministério Público Federal acredita que Paulo Preto é o operador do PSDB em casos de corrupção. Ele foi o responsável pela área de engenharia da Dersa entre 2007 e 2010 e diretor de assuntos especiais do Metrô entre 1991 e 1995. 

    A Dersa é uma estatal paulista que faz obras de engenharia.

    Paulo Preto chegou a ser preso duas vezes neste ano, mas foi solto por decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

    Mais:

    Geraldo Alckmin é sabatinado pela Rede Record nesta segunda-feira
    Em convenções partidárias, Marina e Alckmin são confirmados candidatos à Presidência
    Em aceno a eleitores de Bolsonaro, Alckmin volta a prometer armas no campo
    Eleições 2018: bate-boca no Twitter aquece briga entre Bolsonaro e Alckmin na direita
    Tags:
    PSDB, Paulo Preto
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik