06:15 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da JBS, Joesley Batista na CPMI da JBS.

    Justiça condena Joesley a pagar R$ 300 mil a Temer por danos morais

    © Foto : Lula Marques/AGPT/ Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    503

    A Terceira Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) condenou o dono da JBS, Joesley Batista, a pagar indenização de R$ 300 mil ao presidente Michel Temer por danos morais, informou Agência Brasil.

    Segundo a agência, Temer pretende doar o dinheiro a instituições de caridade.

    Michel Temer processou Joesley Batista por ele ter o acusou de chefiar “a mais perigosa organização criminosa do país”, em entrevista à revista Época, em junho de 2017. Na época, a declaração do empresário foi a capa da revista.

    Meses depois, a Procuradoria-Geral da República (PGR), que havia concedido imunidade total aos irmãos Batista, pediu a anulação da delação premiada por omissão de informações. A PGR ainda acusou Joesley de ter contado, em seu processo de colaboração, com a ajuda ilegal do procurador Marcelo Miller.

    Com as suspeitas de fraude na delação Joesley Batista ficou cerca de seis meses preso. Hoje, ele cumpre medidas cautelares e não pode se ausentar do país.

    O dono da JBS ainda pode recorrer da decisão do TJDF.

    Para tentar mudar a decisão, os advogados do empresário terão de recorrer a tribunais superiores – STF ou Superior Tribunal de Justiça (STJ).

    Mais:

    Caetano Veloso vs. Temer: 'será que vão dar um golpe contra mim?', responde cantor (VÍDEO)
    Você já está com saudades do governo Temer?
    Temer autoriza uso da Força Nacional contra manifestações em Brasília
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar