20:27 21 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    CUT e MST esperam levar 20 mil pessoas a Curitiba na quarta-feira

    Sindicalistas paralisam atividades em diversas cidades contra 'retiradas de direitos'

    Paulo Pinto/AGPT/Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    4115

    Movimentos sociais convocados pelas frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular realizaram nesta sexta-feira (10), em todo o Brasil, manifestações e paralisações em dia que foi chamado de "Dia do Basta".

    Uma das principais manifestações ocorreu na Avenida Paulista, região central de São Paulo, pela manhã. A concentração aconteceu em frente a sede da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), e reuniu categorias como bancários, servidores públicos, químicos, petroleiros e eletricitários.

    Segundo as centrais sindicais, os atos pretendem chamar a atenção dos trabalhadores e da sociedade para os problemas que o país está passando, como desemprego e a retirada de direitos sociais.

    No interior do estado e na Grande Sâo Paulo, trabalhadores dos transportes paralisaram as atividades no período da manhã. Os petroleiros de São Paulo atrasaram os turnos em forma de protesto.

    Em Fortaleza uma caminhada pelas principais ruas da cidade marcou a mobilização desta sexta. Em Salvador, paralisações ao longo da manhã foi seguida de uma caminhada no Comércio (Mercado Modelo). Em Vitória, aconteceu uma carreata pelas principais avenidas da capital capixaba até a Praça Costa Pereira, no centro da cidade. Na Praça, advogados explicaram à população os efeitos da cruel reforma trabalhista. Em São Luís, aconteceu uma grande mobilização e paralisação na barragem do Bacanga em frente a UFMA (Universidade Federal do Maranhão).

    Tags:
    direitos, manifestações, protestos, Frente Povo Sem Medo, Frente Brasil Popular, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik