04:03 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Lula e Fernando Haddad durante a campanha para as eleições municipais de 2016, em São Paulo.

    PT confirma Fernando Haddad como vice de Lula e fecha aliança com PCdoB

    © AP Photo / Andre Penner
    Brasil
    URL curta
    20143

    Após carta do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, à Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) indicando o nome do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o PT decidiu acatar a indicação e oficializar Haddad como vice de Lula.

    A confirmação veio apenas no final da noite de domingo (5) após um dia de negociações tanto dentro da cúpula do partido quanto com possíveis aliados.

    Apesar da indicação de Lula, a Executiva ainda não estaria convencida da decisão, e alongou as discussões. Por volta das 22h, parte da cúpula do partido encontrou-se com os dirigentes do PCdoB e fechou aliança com o partido, que desistiu de apresentar uma candidatura à Presidência.

    O nome de Manuela D'Ávila foi um dos principais pontos da negociação. Ela chegou a ser apontada como possível vice de Lula, e segue sendo uma possibilidade de nome para vice da chapa do PT, caso Lula tenha a candidatura impedida pela Lei da Ficha Limpa.

    Em anúncio oficial durante a madrugada, dirigentes do PT e PCdoB apresentaram a aliança entre os partidos. A presidente do PCdoB, a deputada federal Luciana Santos, apontou que a decisão do partido de alinhar-se ao PT é um chamado à unidade do campo popular e chegou a lamentar o fato de Ciro Gomes não fazer parte da aliança.

    O ex-presidente Lula segue preso em Curitiba desde o dia 7 de abril, de onde ainda articula decisões do PT. De dentro da prisão, ele tem articulado importantes decisões, como o acordo com o PSB e a adesão do PCdoB à chapa petista.

    Tags:
    eleições 2018, PT, PCdoB, Fernando Haddad, Manuela D'Ávila, Lula, Curitiba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik