20:44 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Viatura da Polícia Militar do RJ próxima ao Estádio do Engenhão

    Estatística nefasta: 70 policiais mortos no Rio em 2018

    Serguey Monin / Sputnik Brasil
    Brasil
    URL curta
    310

    O número de policiais assassinados no estado do Rio de Janeiro este ano subiu para 70. Foram 64 policiais militares, cinco policiais civis e um policial federal mortos.

    O capitão da Polícia Militar (PM) Diogo Lins Canito, foi morto na tarde deste domingo (29), durante uma tentativa de assalto, em Marechal Hermes, na zona norte da cidade, informou Agência Brasil. Ele foi a última vítima dessa estatística negra.

    Segundo a PM, o policial foi abordado por assaltantes quando chegava na casa de um amigo. O policial não reagiu, mas os criminosos realizaram pelo menos três disparos, assim que perceberam se tratar de um policial.

    O capitão da PM foi levado para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiu aos ferimentos. Os seus assassinos fugiram e levaram a arma do PM e objetos pessoais da mulher dele, que estava presente na hora do incidente, mas que não foi ferida.

    Diogo Lins Canito tinha 34 anos, trabalhava na PM há 15 anos e era lotado no batalhão de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Ele deixa mulher e quatro filhos.

    Mais:

    Rio de Janeiro: 60 policiais morreram desde início do ano
    Polícia do Rio recebe 6 blindados do exército
    Fuzis, coletes e veículos: veja a lista de compras completa do Gabinete de Intervenção
    Rio tem 18 tiroteios por dia e aumento do número durante Intervenção Federal
    Balanço: Intervenção federal no Rio fez aumentar tiroteios e é pouco transparente
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik