10:51 18 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    O prefeito de São Paulo, Bruno Covas participa da cerimônia de abertura da APAS Show 2018 (foto de arquivo)

    Bruno Covas vai a Londres vender ativos de São Paulo

    © Foto : Marcos Corrêa/PR/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    1102

    O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) viajou a Londres e pela tarde, participou de uma reunião com investidores para apresentar os ativos disponíveis a concessão ou privatização. O evento realizado na embaixada do Brasil com apoio da Prefeitura, da Apex-Brasil e da São Paulo Negócios deve render bilhões de dólares aos cofres municipais.

    De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, o secretário para Privatização e Parcerias da cidade, Wilson Poit, o município pretende organizar “um grande fundo e, no fim do ano, vamos colocar em leilão. Estamos organizando para construir um fundo e vender diretamente para investidores”. 

    O foco prioritário deve ser o Complexo do Anhembi, o Autódromo de Interlagos, o aeroporto Campo de Marte e o Estádio do Pacaembu. Somados, os quatro ativos devem valer algo na casa de US$1,5 bi. Porém, segundo Poit, há cerca de 3 mil imóveis à venda pela Prefeitura, que também devem ser repassados à iniciativa privada.

    A Prefeitura pretende ainda conceder ou privatizar os 27 terminais rodoviários da cidade, os cemitérios, o sistema de semáforos, BRT, o mercado de Santo Amaro, além de parcerias para cobrança de estacionamentos, de bilhetes de transporte público e de limpeza urbana. Alguns dos pontos apresentados, porém, demandam estudos técnicos e aprovação na Câmara Municipal.

    Ao jornal, Covas acredita que a valorização da libra, euro e dólar vão atrair investidores para os programas da cidade. É a segunda viagem realizada pelo prefeito para apresentar os ativos de São Paulo. Anteriormente, ele esteve em Nova York.


    Tags:
    Mercado de Santo Amaro, Complexo do Anhembi, Autódromo de Interlagos, Estádio do Pacaembu, Campo de Marte, Prefeitura de São Paulo, Câmara Municipal de São Paulo, O Estado de São Paulo, Bruno Covas, Wilson Poit, São Paulo, Londres, Nova York
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik