08:28 20 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Caminhoneiros bloqueiam vias de São Paulo e de outros estados do Brasil em protesto contra alta dos combustíveis

    Sobe para 54 número de inquéritos instaurados pela PF para apurar locaute na greve

    © AFP 2018 / Miguel SCHINCARIOL
    Brasil
    URL curta
    Greve dos caminhoneiros paralisa o Brasil (37)
    303

    O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann informou que subiu para 54 o número de inquéritos instaurados pela Polícia Federal para apurar a prática de locaute durante greve dos caminhoneiros. A prática se configura quando empresas incentivam ou apoiam a paralisação de funcionários de modo a obterem vantagens econômicas indevidas.

    Segundo Jungmann, as investigações também vão apurar atos de sabotagem em ferrovias e em duas torres de transmissão. Os acusados de locaute já foram intimados e a maioria dos suspeitos já prestou depoimento à Justiça Federal.

    Na cruzada para encerrar a greve, a Advocacia-Geral da União enviou ao Supremo Tribunal Federal dados de 96 transportadoras que descumpriram decisões judiciais para desbloqueio de rodovias. Somadas, as multas a estas empresas chega a mais de R$140 milhões.

    Mais cedo, o ministro Alexandre de Moraes determinou um prazo de 15 dias para que as transportadoras saldem as multas.

    Tema:
    Greve dos caminhoneiros paralisa o Brasil (37)

    Mais:

    'Governo fraco', diz Rodrigo Maia sobre uso das Forças Armadas na greve
    Impressionante: greve de caminhoneiros faz poluição cair pela metade em São Paulo
    Líder da Abcam denuncia 'intervencionistas' que querem derrubar o governo com a greve
    Tags:
    locaute, Polícia Federal, Ministério da Segurança Pública, Justiça Federal, Supremo Tribunal Federal, Advocacia-Geral da União, Raul Jungmann, Alexandre de Moraes, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik