02:51 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Lula acena para a miltância no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo

    Moro decide que Lula não terá privilégios em visitas

    CC0 / Júlia Dolce/Brasil de Fato
    Brasil
    URL curta
    Lula preso na PF de Curitiba (18)
    1246

    Em despacho publicado nesta segunda-feira (9) o juiz Sérgio Moro comunicou a decisão de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não terá esquema diferenciado em visitações na sede da Polícia Federal de Curitiba, onde está preso desde o último sábado (7).

    "Nenhum outro privilégio foi concedido, inclusive sem privilégios quanto a visitações, aplicando-se o regime geral de visitas da carceragem da Polícia Federal, a fim de não inviabilizar o adequado funcionamento da repartição pública", escreveu o juiz.

    O advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, disse que o ex-presidente poderá receber visitas apenas às quartas-feiras, com exceção dos seus advogados.

    Moro detalhou que foi autorizado para Lula um aparelho de televisão para a cela onde está preso.

    "Além do recolhimento em Sala do Estado Maior, foi autorizada pelo juiz a disponibilização de um aparelho de televisão para o condenado", afirmou Moro.

    Lula tenta incluir no rol de visitantes permitidos parlamentares do PT, como a presidente do partido Gleisi Hoffmann.

    Tema:
    Lula preso na PF de Curitiba (18)

    Mais:

    PT teme que Moro peça prisão preventiva de Lula e tenta convencer manifestantes
    Sérgio Moro ordena a prisão 'voluntária' de Lula para esta sexta-feira
    Polícia Civil indicia ex-vereador e filho por agressão em frente ao Instituto Lula
    Maduro: oligarcas brasileiros querem impedir que Lula seja presidente
    Acampamento 'Lula Livre' em Curitiba vira centro político do PT e da esquerda
    Tags:
    Luiz Inácio Lula da Silva
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik