01:51 18 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Migrantes venezuelanos seguram de cartazes à procura de trabalho na cidade brasileira de Boa Vista, estado de Roraima, outubro de 2017.

    Moradores de cidade em Roraima queimam pertences de venezuelanos

    © Foto : UNODC
    Brasil
    URL curta
    570

    Moradores da cidade de Mucajaí, em Roraima, fizeram nesta segunda-feira (20) uma manifestação e atearam fogo nos pertences de venezuelanos que moram em um abrigo no centro da cidade.

    Segundo a Guarda Municipal, o protesto começou por volta das 17h e foi organizado após os moradores terem ficado revoltados com a morte de um brasileiro, que supostamente ocorreu durante uma briga com venezuelanos, no último sábado (17), em um bar do bairro Sagrada Família.

    "A manifestação estava marcada e era para ser pacífica, mas, infelizmente, foi usada para outra finalidade", disse, por telefone à Agência Brasil, o comandante da Guarda Municipal, Wanited Correia Oliveira.

    Em um vídeo que circula na internet, os manifestantes pediam justiça durante o protesto. "Somos brasileiros, dignos, temos caráter. Eles [os venezuelanos] estão abusando demais", afirmam.

    Em 2010, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a população de Mucajaí era de 14 mil pessoas, aproximadamente. No ano passado, o órgão estimou em 16.852 o número de habitantes — o cálculo é parcial. 

     

    Mais:

    Fundo de ajuda para refugiados venezuelanos pode sair, afirma Meirelles
    Maduro aumenta salário mínimo de venezuelanos em 58%
    Medo e falha do Estado explicam xenofobia contra venezuelanos em Roraima, diz ativista
    Venezuelanos matam e comem carne de adolescente por 5 reais
    Tags:
    imigrantes, Venezuela, Roraima, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik