05:02 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Assassinato de Marielle Franco choca o Brasil (39)
    820
    Nos siga no

    A Policia Civil do Rio de Janeiro disse acreditar que os assassinos da vereadora Marielle Franco (PSOL) seguiram seu carro desde o momento que ela saiu do evento que estava participando na Lapa, no centro da cidade, até o local onde foram efetuados os disparos.

    Marielle Franco, vereadora pelo PSOL, assassinada na noite do dia 14 de março
    © Foto / Mário Vasconcellos/Divulgação/ Câmara Municipal do Rio de Janeiro
    As investigações apontam que ela pode ter sido seguida por 4km. Segundo os depoimentos colhidos pelos policiais, Marielle não tinha o hábito de andar no banco traseiro do carro, mas na noite desta quarta-feira ela estava no banco de trás, algo que contribuiu para hipótese de que ela foi seguida.

    Os disparos foram efetuados a uma distância de dois metros do carro onde estavam as vítimas. Segundo a polícia, um carro modelo Chevrolet Cobalt, na cor prata, emparelhou ao lado do veículo e os tiros entraram pela parte traseira do lado do carona, onde Marielle estava, e três disparos acabaram atingindo o motorista. A Divisão de Homicídios mostra que o atirador seria experiente e sabia o que estava fazendo. Os criminosos fugiram sem levar nada.

    Neste momento, policiais estão fazendo diligências nas ruas em bisca de imagens de câmeras que possam ajudar a esclarecer a morte da vereadora. A perícia feita no local do crime encontrou nove cápsulas no local.

    Policiais da Divisão de Homicídios fazem diligência nas ruas em busca de imagens de câmeras de segurança que possam esclarecer a morte de Marielle Franco. A perícia encontrou nove cápsulas de tiros no local.

     

    Tema:
    Assassinato de Marielle Franco choca o Brasil (39)

    Mais:

    ONU pede 'investigação rigorosa' sobre assassinato de Marielle
    Atos em homenagem a Marielle Franco se espalham por todo o país
    Velório de Marielle será na Câmara dos Vereadores do RJ
    Tags:
    Marielle Franco
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar